Com a palestra “Quando uma mulher se ama”, a contadora, professora universitária, blogueira e youtuber, Luciana Kele Dorini, fez o público refletir sobre as ações e os cuidados no dia a dia. O evento faz alusão ao Dia Internacional da Mulher que é comemorado no dia 8 de março.

Compartilhando os desafios já enfrentados e as próprias experiências, Luciana provocou o publico a refletir sobre qual é a missão de cada um. “É preciso prestar a atenção, entender qual é a missão e a abraçar ela com toda a paixão. A minha missão é contar a história de vida e tentar mudar algo para alguém”, disse lembrando que já são 99 palestras realizadas até então. Segundo ela, as pessoas precisam entender que não estão no mundo para sobreviver a mais um dia, mas sim para aproveitar todos os dias como se fossem únicos.

No fim, ela falou que as mulheres precisam se amar. “A mulher tem em seu íntimo, na própria natureza, o cuidar do outro. Contudo, para fazer isso, ela precisa estar bem. A mulher precisa entender isso, se cuidar e se amar mais”, resume.

Quem é Luciana Kele Dorini?
Luciana é contadora efetiva da Câmara Municipal de Mangueirinha, no Paraná, professora de nível superior na Faculdade de Pato Branco (Fadep) e mantém um blog e um canal no youtube intitulado “Eu tenho um hemangioma, e daí?”, pois com oito meses de idade foi diagnosticada com um hemangioma na face - lesão congênita benigna dos vasos sanguíneos que se traduz pela deformação das estruturas vasculares. No mês de fevereiro ela foi protagonista na exibição de um documentário da Discovery Channel, no programa Meu Corpo, Meu Desafio.

Apoio
Além do apoio institucional da Parati, empresa do grupo Kellogg´s, e Casa do MDF, o evento teve o apoio do Amauri Supermercados, Confeitaria Milita, Inovar, Dieila Fotografias, Center Vidros, Art & Flores, WF Sonorizações e Núcleo da Mulher Empresária.

Avaliação
Para a diretora da Acislo, Adriani Prezzoto, o evento cumpriu com o seu papel, pois permitiu que cada participante fizesse uma reflexão sobre o seu dia a dia. “Acredito que a palestra mexeu com o público. Elas [mulheres] voltam para as suas empresas, empregos e casas inspiradas e valorizadas. Apreendemos a nos valorizar e nos amar mais. Isso precisa vir de dentro”, observa a diretora.

Lembrando que o evento já se tornou tradicional e faz parte do calendário e ações da associação, Adriani afirma que a participação das mulheres surpreendeu. “O auditório estava lotado e isso nos avaliza para pensarmos numa próxima edição. A participação nos mostra que estamos no caminho certo”, observa ela.

Fonte: Assessoria de Comunicação Acislo